O Coronel Luís Augusto Padinha Infante nasceu em Lisboa, em 22 de julho de 1962. 

É licenciado em Gestão e Administração Pública pelo Instituto Superior de Ciências Sociais e Políticas da Universidade Técnica de Lisboa, mestre e doutorando em Relações Internacionais também naquele Instituto.

Foi incorporado em junho de 1982 na Base Aérea n.º 2 (BA2), na Ota, como Oficial Miliciano, tendo sido colocado nessa Unidade Base em março de 1983 após o término do Curso de Formação de Oficiais Milicianos da especialidade de Intendência e Contabilidade.

Enquanto Oficial Miliciano esteve colocado, para além da BA2, na Esquadra de Deteção, Alerta e Conduta da Interceção n.º 11, em Montejunto, entre janeiro de 1986 e dezembro de 1986, e na Base Escola de Tropas Paraquedistas, em Tancos, de dezembro de 1986 a fevereiro de 1989, nas quais desempenhou funções inerentes à sua especialidade.

Ingressou no Quadro Permanente de Oficiais Técnicos de Pessoal e Apoio Administrativo em maio de 1989, momento em que regressou à BA2 para exercer funções na Esquadra de Administração e Intendência.

Em janeiro de 1994 efetuou o Curso de Reclassifcação na especialidade de Técnicos de Abastecimento, findo o qual, em maio desse mesmo ano, foi colocado no Depósito Geral de Material da Força Aérea, em Alverca, onde cumpriu as funções de Comandante das Esquadrilhas de Armazéns, Expedição e Material Reparável.

Posteriormente, em novembro de 1999, foi transferido para a Base do Lumiar, em Lisboa, a fim de desempenhar a função de Comandante da Esquadrilha de Abastecimento.

Colocado na Academia da Força Aérea, em Sintra, entre janeiro de 2001 e outubro de 2011, exerceu funções de docência em acumulação com a Coordenação do Departamento de Ciências Sociais e Humanas.

No ano letivo 2002/2003 frequentou, no Instituto de Altos Estudos da Força Aérea, em Sintra, o Curso Geral de Guerra Aérea.

Em outubro de 2011 assumiu o cargo de Chefe do Gabinete de Apoio, Normalização e Modernização da Direção de Abastecimento e Transportes.

Foi escolhido, em julho de 2012, para desempenhar funções no Estado-Maior General das Forças Armadas como Chefe do Departamento de Logística da Unidade de Apoio ao Reduto Gomes Freire.

Em maio de 2016 foi nomeado Comandante da Unidade de Apoio de Lisboa.

Em outubro de 2018 foi escolhido para desempenhar a função de Chefe de Gabinete do Vice-Chefe do Estado-Maior da Força Aérea.

Em 3 de junho de 2019 foi nomeado Chefe do Serviço de Documentação da Força Aérea.

Da sua folha de serviços constam diversos louvores e condecorações das quais se destacam a Medalha de Prata de Serviços Distintos, as Medalhas de Mérito Militar de 1ª, 2ª e 3ª classe e a Medalha de Ouro de Comportamento Exemplar.