O Major-General Guilherme dos Santos Lobão nasceu em 03 de novembro de 1961, na freguesia de São Pedro Velho, concelho de Mirandela, distrito de Bragança.

Ingressou na Força Aérea em 30 de julho de 1980, com destino à especialidade de abastecimento, tendo sido colocado na Direcção do Serviço de Material, de abril de 1981 a agosto de 1983.

De fevereiro de 1984 a outubro de 1986, ainda na área do abastecimento, foi Chefe de Sector de Gestão de Stocks de diversas Aeronaves e Equipamentos, na Direção de Abastecimento do Comando da Logística da Força Aérea (CLAFA).

Após a conclusão da licenciatura em Organização e Gestão de Empresas pelo Instituto Superior de Economia e Gestão (ISEG), da Universidade Técnica de Lisboa (UTL), frequentou na Academia da Força Aérea, no ano lectivo de 1986/1987 o Estágio Técnico Militar de Administração Aeronáutica.

Em termos militares está habilitado com o Curso Geral de Guerra Aérea (1996/1997), Curso de Chefia em Estados-Maiores (Abril a Julho de 1998) e o Curso de Promoção a Oficial General (CPOG) 2016/2017.

Em termos civis com o Curso de Mestrado em Gestão – março de 1992 (ISEG/UTL), aprovação na parte escolar do 1º Programa de Doutoramento em Gestão (2001 – 2002) e com o título de Especialista de Reconhecida Experiência e Competência Profissional (2015), atribuída nos termos do Regulamento de Reconhecimento de Especialista da Escola Superior Náutica Infante D. Henrique, na área das ciências empresariais CNAEF 340 (Portaria n.º 256/2005, de 16 de Março).

Frequentou também vários cursos militares e civis não conducentes a grau, dos quais se salienta o “Design Management Course” promovido pela Delf University of Tecchology da Holanda, o Resource Orientation Course e o Resourse Management Education Programme (RMEP) Course, na NATO School, em Oberammergau – Alemanha e o 32nd Weapon Systems Management Course no IABG, em Ottobrum – Alemanha, para além de diversas ações de formação, seminários, workshops e jornadas científicas.

A sua primeira colocação no âmbito da administração aeronáutica foi na Repartição de Gestão Orçamental da Direção de Finanças (setembro de 1987 a janeiro de 1998), tendo posteriormente, sido colocado na Direção de Infraestruturas (DI) do CLAFA, onde criou a Secção de Controlo Administrativo, colaborando com o Gabinete de Planeamento e Controlo e acumulando funções no Gabinete de Estudos e Programas (GEP) do CLAFA (até outubro de 1991).

Em outubro de 1991 foi colocado no Conselho Administrativo do Estado-Maior-General das Força Armadas (EMGFA), onde chefiou a Secção de Orçamento até outubro de 1996.

Após a conclusão do CGGA, foi colocado de junho de 1997 a agosto de 1998 na Repartição de Assistência na Doença aos Militares da Força Aérea (ADMFA), da Direção de Finanças do CLAFA.

De agosto de 1998 a setembro de 2010, exerceu funções no Estado-Maior da Força Aérea, inicialmente no Núcleo de Planeamento Estratégico (NPE – agosto de 1998 a setembro de 2007), posteriormente na Divisão de Planeamento (DIVPLAN) como Chefe da Repartição de Análise e Gestão de Programas (outubro de 2007 a setembro de 2008) e por último como Chefe da DIVPLAN (outubro de 2008 a setembro de 2010).

Enquanto colocado no EMFA, foi o representante da Força Aérea na equipa técnica do núcleo de acompanhamento da Lei de Programação Militar e integrou como coordenador para a área financeira os Grupos de Trabalho (GT) para o desenvolvimento dos programas de comando e controlo, programa F-16MLU, inserção do sistema de armas EH 101, C-295M e substituto do ALIII , modernização do sistema de armas P-3 e C-130H, nova aeronave de instrução avançada e especializada de pilotagem para aeronaves de reação e o GT para a transferência da esquadra 101 para a BA1.

Ainda neste âmbito, integrou as Missões de Acompanhamento e Fiscalização (MAF) do Programa de Modernização de 5 aeronaves P-3, do contrato de Fornecimento de Targeting Pods destinados às aeronaves F-16, do contrato de fornecimento de aeronaves de transporte táctico e vigilância marítima C-295M e respectivo contrato de prestação de serviços logísticos associados de manutenção (FISS – Full in Service Support), sendo também o representante da Força Aérea de 2000 a 2010 no “Contratual & Financial Subcommittee” do F-16 – Multinational Fighter Program (MNFP).

Em outubro de 2010, regressou à Direção de Finanças da Força Aérea (DFFA) onde exerceu as funções de Inspector de Administração financeira até fevereiro de 2011.

De março de 2011 a fevereiro de 2014 foi assessor financeiro e administrativo do Chefe do Estado-Maior General das Forças Armadas, colocado no respetivo gabinete.

A DFFA foi a colocação seguinte, tendo desempenhado as funções de Chefe do Serviço de Inspecção e Auditoria Financeira e Patrimonial de fevereiro a dezembro de 2014.

De janeiro de 2014 a novembro de 2016, exerceu as funções de Chefe da Repartição de Logística da Divisão de Recursos do EMGFA.

Após a conclusão do CPOG assumiu as funções de Subdiretor da DFFA de Junho a novembro de 2017, passando a Diretor Interno no referido mês.

Foi promovido a Major-General em Dezembro de 2018, data a partir da qual passou a desempenhar as funções de Director.

Em termos académicos, desde 1989, leciona no Ensino Superior Universitário (ISEG/UTL – 1989 a 2012; Universidade Aberta (UA)/Escola Superior de Educação - 1998 a 2002; Universidade do Algarve/Faculdade de Economia – 2000 a 2002 e Escola Superior Náutica Infante D. Henrique – 2000 até à presente data), tendo participado na qualidade de arguente, orientador, co-orientador e entrevistado para apoio técnico e científico, em diversas dissertações de mestrado e trabalhos de investigação individual e publicado o manual  “Novas Tecnologias de Gestão” ISBN:972-674-139-4 na UA – 1995 e elaborado os respetivos guiões para os vídeos de suporte à publicação.

É membro da Ordem dos Economistas, Ordem dos Contabilistas Certificados e da Empreend- Associação Portuguesa para o Empreendedorismo.

Na sua folha de serviço constam vários louvores e condecorações, nomeadamente, duas Medalhas de Serviços Distintos Grau Prata, as Medalhas de Mérito Militar de 1ª e 3ª classe, a Medalha de Ouro de Comportamento Exemplar, duas Medalhas Cruz de São Jorge de 1ª classe e a Medalha de Mérito Aeronáutico de 1ª classe.

O Major-General Guilherme dos Santos Lobão é casado e tem uma filha.