O Brigadeiro-General Engenheiro Aeronáutico, Pedro Alexandre Entradas Salvada, nasceu a 25 de janeiro de 1966, em Beja, tendo ingressado na Força Aérea a 02 de janeiro de 1985. Licenciado em Engenharia Mecânica (ramo de termodinâmica aplicada) e mestrado em Engenharia Mecânica, ramo Energia, pelo Instituto Superior Técnico de Lisboa.
Concluiu o mestrado de Ciências Aeronáuticas, na Universidade Aeronáutica Embry-Riddle, nos EUA, com muito bom às disciplinas: Airport Operation & Management, Human Factors In Aviation/Aerospace, International Aviation Policy, Methods & Procedure Graduation Cap, The Air Transportation System.

Ingressou no quadro permanente de oficiais da Força Aérea, em maio de 1990, após frequência do curso de oficiais de Técnicos de Pessoal e Apoio Administrativo.
Entre maio de 1990 e setembro de 1994, exerceu funções no Serviço de Documentação da Força Aérea, chefiando o Centro de Microfilmagem durante dois anos e o Gabinete de Normalização Documental durante mais dois anos.

De setembro de 1993 a setembro de 1994, foi porta estandarte da Força Aérea. Durante este período também foi docente da Academia da Força Aérea em acumulação de funções.

Após frequentar na Academia da Força Aérea (AFA) no ano letivo 1994/1995 o Estágio Técnico Militar na AFA, ingressou na Especialidade de Engenheiro Aeronáutico (ENGAER).

De agosto de 1995 a junho 2001, esteve colocado na antiga Direção de Mecânica Aeronáutica (DMA), atual Direção de Manutenção de Sistemas de Armas (DMSA) desempenhado funções no Gabinete da Qualidade e Engenharia, como Gestor de Programas de Integridade Estrutural (Alpha Jet, F-16. P-3P, Epsilon) e Gestor do Programa de Análises Espectrométricas de Óleos (responsável pela implementação de Sistema da Qualidade). Na 1ª Repartição da DSMA desempenhou funções de Gestor do Controlo de Configuração e da área de Integridade Estrutural da frota F-16, participando no programa de aquisição da Segunda Esquadra F-16. 

De 1994 a 1997, em acumulação de funções foi docente da Academia da Força Aérea (nos Departamentos de Ensino Universitário e Politécnico), nas disciplinas: Aerodinâmica I; Termotécnia, Aerodinâmica II; Investigação Operacional, Sistemas de Propulsão.

De fevereiro 1996 a abril 1996, foi docente de Sistemas de Propulsão no Curso Básico para Candidatos do Exército a Pilotos.

De 1997 a 1999, foi docente de Estruturas e Sistemas de Propulsão nos cursos de Segurança de voo da Força Aérea.

Frequentou o Curso Geral de Guerra Aérea, no Instituto de Altos Estudos da Força Aérea (IAEFA), no ano letivo de 1999/2000.

De junho 2001 a junho 2004, na DMSA desempenhou as funções de Gestor da frota F-16, aeronave e sistemas mecânicos.

Entre junho 2004 e agosto 2007, foi representante da Força Aérea junto da Força Aérea Americana (USAF) como “Senior Country Representative”, em Hill Air Force Base, Utah, EUA.

Em setembro de 2007, é colocado na Direção de Manutenção de Sistemas de Armas acumulando as funções de Gestor do Sistema de Armas F-16 e Coordenador da Modificação e Engenharia do Programa F-16/MLU até outubro de 2010. Como responsável pelo Programa de modificação F-16/MLU iniciou um Programa de recuperação com a aplicação de técnicas LEAN, alcançando aumento de produtividade 60%.

Desenvolveu também a implementação de Lean Maintenance na manutenção aeronáutica nas frotas Allouette III, F-16, Secção de Transformação de matrizes e painéis do F-16, Secção de Motores, e nas frotas C-130 e Epsilon. Dinamizador do programa Lean Management na Força Aérea.

Entre outubro 2010 e novembro 2013, desempenha as funções de Gestor do Programa F-16 e Coordenador da Área Logística e Engenharia do Programa F-16/MLU.

Em outubro de 2010, assume as funções de Representante Nacional no Sub Comité  “Operational  and Logistics Requirements” no F-16 MultiNational Fighter Program que desempenha até outubro de 2017.

De setembro 2014 a novembro de 2015, desempenha na DMSA as funções de Chefe do Gabinete de Apoio e de Chefe do Gabinete da Qualidade.

Entre novembro de 2015 e outubro de 2016, desempenhou funções de Inspetor da Logística na Inspeção Geral da Força Aérea.

De outubro de 2016 a outubro de 2017, desempenhou funções de Subdiretor da DMSA.

Em acumulação de funções assumiu as funções de Gestor do Programa de Alienação de aeronaves F-16 à Roménia, em julho de 2013.

No ano letivo 2017/2018 frequenta o Curso de Promoção a Oficial General no Instituto Universitário Militar.

Em agosto de 2018, é nomeado representante da Força Aérea para colaborar com a Direção Geral de Recursos de Defesa Nacional no âmbito da venda de aviões adicionais F-16 à Roménia.

Em 27 de dezembro de 2018, após a promoção a Brigadeiro-General, é nomeado Diretor da Direção de Engenharia e Programas (DEP).

Foi outorgado, desde 2006, como Especialista em Engenharia Aeronáutica pela Ordem dos Engenheiros, sendo Membro Sénior da Ordem dos Engenheiros.

O Brigadeiro-General Pedro Salvada possui no seu currículo vários louvores e condecorações, das quais se destacam uma Medalha de Prata de Serviços Distintos, a Medalha de Mérito Aeronáutico de 2ª Classe, três Medalhas de Mérito Militar (1ª, 2ª e 3ª classe), uma Medalha da Defesa Nacional de 1ª Classe, uma Medalha Comemorativa de Comissão de Serviços Especiais, uma Medalha de Prata e uma de Ouro de Comportamento Exemplar, e a Medalha “Emblem of Honor” da Força Aérea Romena.

O Brigadeiro-General Pedro Salvada é casado e tem dois filhos.