A outra face do militar

Existe nas Forças Armadas um elevado espírito de missão que se verifica no dia a dia de cada um dos militares. Muitos deles realizam várias missões no estrangeiro, em representação de Portugal, nas quais acumulam experiência e conhecimento. Por vezes essa experiência de vida é mais tarde traduzida nas mais várias manifestações artísticas.

No caso do Major Jorge Santos, de 51 anos de idade e 31 anos ao serviço da Força Aérea, manifestaram-se através da pintura. Esteve colocado em diversas Unidades militares e desempenha atualmente a função de chefe da repartição de Pessoal, Logística e Finanças no Comando Aéreo.

O seu gosto pela pintura surgiu de uma forma bastante inesperada. Na realidade foi influenciado pela filha que, no ano de 2004, resolveu lançar-lhe o desafio de imitar uma tela que vira num centro comercial.

Apesar das inúmeras telas que já pintou, só começou a expô-las a partir de 2012 com algumas exposições em Braga. Mais recentemente viu o seu trabalho exposto no Ministério da Defesa Nacional e tem uma exposição permanente no Hotel Estoril Éden que conta com 19 quadros e que está aberta ao público.