Direção de Abastecimento e Transportes

Missão

Dirigir tecnicamente a função Abastecimento, assegurar a aquisição e gestão dos recursos materiais da sua área de responsabilidade, as operações de catalogação dos materiais e serviços, garantir o apoio logístico das deslocações do pessoal em serviço e desenvolver os processos relativos à movimentação dos recursos materiais.

 

Competências 

a) Colaborar na definição dos requisitos operacionais e logísticos dos meios necessários para assegurar as capacidades da Força Aérea e planear o apoio logístico durante o respetivo ciclo de vida;

b) Conduzir a execução dos programas de modernização das capacidades da Força Aérea que lhe forem superiormente designados;

c) Promover a elaboração e atualização dos regulamentos e manuais de organização do Comando, direções técnicas e órgãos dependentes;

d) Efetuar estudos técnicos e participar nas atividades de investigação e desenvolvimento;

e) Apoiar tecnicamente os outros Comandos na execução das suas tarefas logísticas;

f) Assegurar o cumprimento, na área da sua responsabilidade técnica, da regulamentação com implicações na Prevenção de Acidentes;

g) Assegurar e controlar a execução das políticas da qualidade e ambiente na Força Aérea;

h) Assegurar a satisfação dos requisitos da qualidade, em todas as áreas da sua responsabilidade.

HISTÓRIA

No domínio do contributo para o cumprimento da missão Força Aérea, assume especial relevância a gestão do abastecimento, na qual se englobam a determinação das necessidades, quantidades a adquirir, a sua aquisição, recepção e armazenagem, bem como a distribuição e abate. 

É nesse contexto que a Força Aérea, desde a sua instituição, regendo-se pelos princípios da eficácia e racionalização, tem incorporado na dinâmica evolutiva da sua estrutura organizacional órgãos que têm como incumbência o desenvolvimento dessas competências. 

O Decreto-Lei nº 40949, de 28 de dezembro de 1956 criou a Direção do Serviço de Material, posteriormente activada no dia 1 de abril do ano subsequente, que tinha como fundamento essencial, no âmbito da sua comparticipação para elevar os níveis de eficiência da Força Aérea, a obtenção, manutenção e distribuição do material, com exclusão dos meios materiais de intendência e, a partir de 1975, dos equipamentos eletrónicos e respetivos sobressalentes, bem como dos materiais de construção, cuja gestão competia, respetivamente, à Direção de Serviço de Intendência e Contabilidade, à Direção de Serviço de Eletricidade e Telecomunicações e à Direção de Serviço de Infra-estruturas. 

Em janeiro de 1983, com a extinção da Direção de Serviço de Material, mas a ela indo colher as suas origens, em função das competências que lhe foram confiadas, foi criada a Direção de Abastecimento, integrando todos os sectores de abastecimento das Direções anteriormente citadas.

Da necessidade de adaptar os quadros institucionais e os processos de decisão à complexidade da missão da Força Aérea, o Decreto-Lei n.º 232/2009, de 15 de setembro, promove a reorganização da estrutura orgânica da Força Aérea, da qual decorreu a criação da Direção de Abastecimento e Transportes que materializando a divisa “AQUELA CERTA AJUDA”, dá continuidade à missão herdada da Direção de Abastecimento, no que concerne à direção técnica da função abastecimento, cabendo-lhe, prioritariamente, a aquisição e gestão dos recursos materiais da sua área de responsabilidade.