Real Thaw 2022 termina com cerca de 770 horas de voo

O Real Thaw 2022, exercício multinacional organizado pela Força Aérea, chega ao fim com o sentimento de missão cumprida.

Major Emídio Fernandes, Comandante do Exercício, enaltece o sentimento de “orgulho” pela Força Aérea ter sido capaz de “planear, conduzir concretizar e sustentar um ambiente operacional multinacional único durante estas duas semanas, onde as várias unidades e subunidades da Força aérea tiveram uma oportunidade ímpar de integração e treino.”
 
Durante o exercício, participantes de Portugal e de seis países aliados executaram com sucesso cerca de 436 missões durante 768 horas de voo.

Acerca do futuro, o Major Emídio Fernandes realça que “o Real Thaw é essencial para a Força Aérea, não só porque garante um elevado nível de prontidão e competência técnica, mas, principalmente, porque acautela o crescimento e consolidação tática das Unidades Aéreas”. Além deste aspeto, “a sua realização é ainda decisiva na manutenção do moral dos militares, pois motiva e estimula o seu profissionalismo e o seu espírito de missão”, conclui o Comandante do exercício.

Leia tudo o que se passou no Real Thaw aqui.

Para mais fotografias visite o nosso álbum no Flickr aqui.

VEJA O VÍDEO