FALCON 50: transporte de doente urgente em longa distância

Foi empenhado nesta terça-feira um Falcon-50, da Esquadra 504 - "Linces", para uma missão de transporte urgente de um doente num trajeto de longa distância e que teve a duração de cerca de quatro horas e meia.

Esta aeronave dispõe de três motores, o que lhe permite efetuar trajetos com sobrevoo de zonas de ambiente hostil (oceanos ou desertos) e percorrer distâncias de cerca de 5500 km, sem necessitar de escalas técnicas para reabastecimento.

A esquadra de voo a que pertence foi criada a partir da necessidade de apoiar missões com um carácter de âmbito civil, como este tipo de transportes de doentes em estado grave ou considerado urgente, bem como o transporte de órgãos humanos para transplante. Também opera em missões de transporte de Altas Individualidades. Em resumo, a sua missão principal é a de transporte aéreo especial, em que a distância e o tempo são de grande importância.

Por razões de ordem operacional, a Esquadra foi colocada a partir de 1990 em destacamento permanente no Aeródromo de Trânsito N.º1, em Lisboa. Em julho de 2000, a esquadra recebeu a Medalha de Ouro de Serviços Distintos das mãos do então Ministro da Defesa Nacional.

 

Por: RQ
ALF/RHL